Leandro Israel - Poeta Petropolitano









Bela Casa Tem Cor


Beleza sem par deve ter esta casa,
Em noites trevosas renadas por raios,
Lamentos sacodem os frágeis balaios,
Acendem as chamas que dormem na brasa.

Caráter bendito propõe real asa,
Atende o clamor dos senis papagaios,
Subtrai tempestades com seus para-raios,
Aciona sinais que o ventrículo embasa.

Trafegam distantes as lágrimas vãs,
E trazem suaves perfumes os ventos,
Maléficos sons são dos átrios expulsos.

Com as mais belas cores infindas manhãs,
O céu apresenta depois dos tormentos,
Reduz as vitórias dos falsos impulsos.




Poema de Leandro Israel







Comentários

Anna Lírios disse…
Boa Noite Ana Bailune!!!
Sou visitante de primeira viajem aqui em seu blog, mas já estou gostando muito. Belo poema, muito a refletir!!!

Um abraço!!!
Paz e Luz!!!
❤❤❤

Anna Lírios em Letras

Postagens mais visitadas