quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

OSHO - Crença, Dúvida e Fanatismo






Trechinhos das primeiras páginas deste livro de Osho.







"A verdade liberta, e nada mais. Tudo mais cria uma escravidão, uma carga. E a verdade não pode ser encontrrada pelo esforço intelectual, porque a verdade não é uma teoria, é uma experiência. Para encontrá-la, você tem de vivenciá-la."





"Debaixo de suas crenças, seja qual for a crença, a dúvida continua. A dúvida está no centro e a crença está na perigferia. Então, sua vida é basicamente determinada por sua dúvida, não por sua crença."





"Um verdadeiro buscador não está buscando nenhuma crença coma  qual se consolar. Ao contrário, está tentando encontrar um centro mais profundo em si mesmo que vá além da dúvida. Isso tem de ser entendido. Você tem de penetrar bem fundo no seu próprio ser, até um ponto de vitalidade no qual a dúivida fique para trás, na periferia."




"Um homem confiante não tem crença. Ele simplesmente confia, pois passou a entender quão bela a vida é. E  passou a entender que a vida é etrna, atemporal. Passou a entender que exatamente dentro dele mesmo está o reino de Deus."






"Qual é o significado de uma rosa ou de uma nuvem flutuando no céu? Elas não tem significado, mas existe nelas uma imensa beleza. Não há significado - o rio continua fluindo. Mas há tanto júbilo nisso que o significado não é necessário! E a menos que uma pessoa seja capaz de viver sem pedir significado, momento e momento, com beleza, com felicidade, por nenhuma razão... Basta respirar! Por que você deve perguntar? E para quê? Por que você faz da vida um negócio?"




"Eu digo que a existência em si é suficiente, não necessita de um criador. Ela é a própria criatividade."





"Se você cria uma canção, um jardim, você está sendo religioso. Ir à igreja é tolice, mas criar um jardim é tremendamente religioso. Por isso, aqui na minha comuna o trabalho é chamdo de devoção. Não rezamos de nenhuma outra maneira, rezamos através da criação de alguma coisa."





"Não existe nenhuma pessoa que seja Deus, mas existe uma tremenda energia - explodindo, infindável, se expandindo. Essa energia em expansão, infinita, explodindo, essa criatividade, é divina."





"Só as pessoas cegas acreditam na luz. Aquelas que tem olhos para ver não acreditam na luz, simplesmente a veem."





terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Pensamentos de Voltaire






“É dificil libertar os tolos das armas que eles veneram.” 






“O homem se precipita no erro com mais rapidez do que os rios correm para o mar.” 





“O segredo de aborrecer às pessoas consiste em dizer-lhes tudo.” 






“Quem se vinga depois da vitória é indigno de vencer.” 







“O estudo da metafísica consiste em procurar, num quarto escuro, um gato preto que não está lá.” 





“A probabilidade de fazer o mau se encontra cem vezes ao dia e a de fazer o bem, uma vez ao ano.” 





quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

David Garret






Biografia - fonte: Wikepedia
Garrett nasceu em Aachen, filho de uma bailarina americana, Dove-Marie Garrett, e um advogado e leiloeiro  alemão, Georg Peter Bongartz.

Quando Garrett completou quatro anos, seu pai comprou um violino para o irmão mais velho. David interessou-se pelo instrumento e logo aprendeu a tocar. Um ano depois ele participou numa competição e ganhou o primeiro lugar.

Aos sete anos, David Garrett começou a tocar em público  e passou a estudar violino no Conservatório Lübeck. Já com oito anos, seus pais decidiram mudar seu nome, e ele começou a usar o sobrenome de solteira da mãe por ser mais fácil de pronunciar.

David Garrett começou a trabalhar com a violinista polaco-britânica Ida Haendel com doze anos, frequentemente viajando a Londres e outras cidades europeias para encontrá-la.

Aos treze anos, Garrett se tornou o artista mais jovem a ter um contrato de exclusividade com a gravadora Deutsche Grammophon.





Em 1999, David Garrett se mudou para Nova York para estudar na Juilliard School, na sala de Itzhak Perlman, para aprofundar seus conhecimento do violino. Saiu formado de lá em 2004.

Como David Garrett não tinha o apoio financeiro dos seus pais para estudar na Juilliard School, ele teve que custear seus estudos, e para isso trabalhou em um bar, em um café, na biblioteca da escola e também na Outfitters Urban Store, onde foi sondado para se tornar um modelo  e, assim, ganhando ao apelido de "Beckham do violino".

Garrett toca o "Adolf Busch" Stradivarius, 1716.





Acidente com o violino

Em Dezembro de 2007, depois de uma apresentação no Barbican Hall, em Londres, um acidente aconteceu, o dia tinha sido muito chuvoso, David usava sapatos de sola lisa, perdeu o equilíbrio e caiu em cima da mala que onde transportava o seu violino... O violino havia sido danificado, tratava-se de um modelo fabricado por Giovanni Battista Guadagnini. Ele estava dentro de uma mala, não muito rígida (pois o músico preferiu uma mala mais leve e mais cómoda para o transporte), presa nas costas de Garrett. Na queda, por sorte, o músico não se machucou, mas o corpo do violino ficou destruído. Ele havia adquirido o violino em 2003 e pagou 1 milhão de libras, efectuando um empréstimo que era pago com o que recebia de suas apresentações (a última prestação do empréstimo foi feita precisamente em Dezembro de 2007). A reparação demorou sete meses e o custo aproximado da reparação foi de 60 mil libras, cerca de 100 mil dólares. Após algum tempo, seu pai soube de um Stradivarius à venda e "foi paixão à primeira vista", como disse o músico. Ele ainda toca com o violino de Giovanni Battista Guadagnini às vezes, mas só usa com mais frequência o seu Stradivarius. E a mala, é diferente da do Guadagnini, é mais rígida e resistente.




terça-feira, 12 de janeiro de 2016

VAMOS DANÇAR! - Let's Dance - video, letra, tradução






"Let's Dance"

Let's dance put on your red shoes and dance the blues
(Vamos dançar, calce seus sapatos vermelhos e dance blues)

Let's dance to the song 
(Vamos dançar à música que)

they're playin' on the radio
(Estão tocando no rádio)

Let's sway 
(Vamos deslizar)
while color lights up your face
(Enquanto cores iluminam seu rosto)
Let's sway 
(Vamos deslizar)
sway through the crowd to an empty space
(Deslizar da multidão a um lugar vazio)

If you say run, I'll run with you
(Se você disser 'corra' correrei com você)
If you say hide, we'll hide
(Se você disser 'esconda-se', enos esconderemos
Because my love for you
(porque meu amor por você)
Would break my heart in two
(Quebraria meu coração em dois)
If you should fall
(Se você caisse)
Into my arms
(Em meus braços)
And tremble like a flower
(E tremesse como uma flor)

Let's dance for fear 
(Vamos dançar por medo)
your grace should fall
(De que sua graça decaia)
Let's dance for fear tonight is all
(Vamos dançar por medo de esta noite ser tudo)
Let's sway you could look into my eyes
(Vamos deslizar, você poderia olhar nos meus olhos)
Let's sway under the moonlight, 
(Vamos deslizar sob o luar)
this serious moonlight
(Este sério luar)

If you say run, I'll run with you
(Se você disse 'corra', correrei com você)
If you say hide, we'll hide
(Se você disser 'esconda-se', nos esconderemos)
Because my love for you
(pois meu amor por você)
Would break my heart in two
(Quebraria meu coração em dois)
If you should fall
(Se você caisse )
Into my arms
(Em meus braços)
And tremble like a flower
(E tremesse como uma flor)

Let's dance put on your red shoes 
(Vamos dançar, ponha seus sapatos vermelhos)
and dance the blues
(E dance os blues)
Let's dance to the song 
(Vamos dançar à música)
they're playin' on the radio
(Que estão tocando no rádio)

Let's sway you could look into my eyes
(Vamos deslizar, você poderia olhar em meus olhos)
Let's sway under the moonlight, 
(Vamos deslizar sob o luar)
this serious moonlight
(Este sério luar)





quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

JESUS CRISTO






Alguns ensinamentos do melhor Homem que já pisou neste planeta



"Veja, se eu o enviar para dormir no meio dos lobos, seja esperto como as serpentes e inofensivo como os pombos."



"Olhai os Lírios do Campo que não trabalham e nem fiam e no entanto, nem Salomão em toda a sua glória jamais se vestiu como um deles.
Olhai as aves do céu que não plantam e nem semeiam mas Deus as alimenta e as veste, quanto mais não há de alimentar a vós homens de pouca fé?"






"Não dê aos cães o que é sagrado; e não jogue aos porcos as suas pérolas, mas que eles não as pisoteiem e se voltem para atacá-lo."




“Cuidado para que vossos corações não fiquem pesados pela devassidão, pela embriaguez, pelas preocupações da vida.”

“Não temais os que matam o corpo, pois não podem matar a alma.”

“Que aproveita um homem ganhar o mundo inteiro e arruinar a própria vida?”

“Não julgueis para não serdes julgados. Pois com o julgamento com que julgas sereis julgados, e com a medida com que medis sereis medidos.” 

“Aquele que se exaltar será humilhado, e aquele que se humilhar será exaltado.”

“Sabeis que os governadores das nações as dominam e os grandes as tiranizam. Entre vós não deverá ser assim. Ao contrário, aquele que quiser tornar-se grande entre vós, seja aquele que serve.”

“Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida por seus amigos.”

“Tudo é possível àquele que crê.”

“Não, não jureis em hipótese alguma. Seja o seu ‘sim’, sim, e o vosso ‘não’, não.”

“Quem faz o mal odeia a luz, para que suas obras não sejam demonstradas como culpáveis. Mas quem pratica a verdade vem para a luz.”




SARTRE

Alguns pensamentos de Jean-Paul Sartre. "Falamos na nossa própria língua e escrevemos numa língua estrangeir...